Planejando seus espaços.

Quando uma nova paisagem é desenvolvida, as coisas mudam. O design do jardim é um processo de criação e o plano do desenvolvimento para que tudo aconteça da maneira correta na hora de controlar o plantio, a nutrição e a prevenção de doenças nas suas plantas. Em alguns casos, as pessoas compram casas que já têm jardins formados, mas que não estão com boa aparência (plantas doentes, danificadas ou desbotadas) ou então não está a seu gosto. Esta é uma boa hora para reviver seu jardim, remodelando o espaço e tendo em foco as plantas, forrações e objetos que você vai adquirir.

Muito mais que beleza, o profissional de jardinagem deve considerar a facilidade de manutenção e detalhes que correspondem às necessidades dos moradores. Essa é a razão pela qual, os principais elementos de um projeto paisagístico incluem a forma natural do terreno e design de plantação, atrações de água como fontes, lagos, iluminações, esculturas e utensílios de jardinagem.

Cada dia mais pessoas querem recriar seus jardins procurando por idéias possíveis que irão encantar seus espaços de moradia. Caso esse também seja seu caso, será necessário seguir alguns passos para ter o jardim dos seus sonhos.

A primeira coisa que deverá fazer é dar uma boa olhada geral em seu espaço atual, analisando para que você possa fazer aprimoramentos no seu estilo de vida. Se por exemplo, você quiser esconder as paredes de sua garagem, plante arbustos, mas tenha certeza de que uma vez que eles estiverem totalmente crescidos não irão obstruir a área de acesso que quer esconder.

É importante embelezar a paisagem em conjunção com o tamanho de sua casa, bem como o estilo e a sua estrutura. Se você está planejando a criação de paisagem em uma área livre, tenha em mente que as árvores ficam com a estrutura grande, e fazem sombras maiores, os arbustos crescem mais rápido e são mais compactos, e se tiver alguma planta que está plantada em vaso pequeno, terá que transplantá-la para um recipiente grande.

Lembre-se que o paisagismo somente deverá servir para realçar sua casa, as plantas e as árvores deverão estar em escala e balanço umas com as outras, como também a sua casa, e não apenas para chamar a atenção de longe! Gaste seu dinheiro com sabedoria planejando os tipos de arbustos e árvores que queira colocar em conjunção com o tipo de sua casa.

    

A localização e o desenho de suas áreas úteis vão depender das preferências e necessidades de sua família. As utilidades específicas planejadas e a quantidade de espaço disponível irão determinar o tamanho das áreas úteis. Considere as relações entre as atividades dentro e fora da casa. Você vai querer, por exemplo, manter silenciosas as áreas próximas aos quartos, enquanto o barulho pode ficar perto da cozinha, ou até mesmo longe da casa, se o espaço permitir.

Duas grandes áreas devem fazer parte de qualquer projeto de paisagismo residencial: As áreas públicas e as áreas privativas.

A área pública geralmente inclui o jardim da frente, os caminhos, o acesso e as garagens para os automóveis, além é claro, da entrada da casa. Em casas de esquina, a áreas públicas podem se estender para o lado e os fundos do terreno também.

A entrada da casa e o jardim da frente são a parte mais pública da maioria dos quintais das pessoas. Você pode projetar toda frente da casa pensando na vista pública ou, devido ao pouco espaço do terreno ou a uma necessidade maior de áreas privativas, feche este espaço com plantas, cercas ou ambos. Lembre-se que a entrada e o jardim da frente contribuem de forma importante para a aparência da vizinhança. Assim, árvores, arbustos, flores, gramados, cercas e outras estruturas devem se ajustar às características do bairro.

    

Os acessos para automóveis e os caminhos ligam sua casa às ruas do bairro. Considere a topografia, segurança e as características do terreno quando projetar a localização dessas áreas. Mantenha os aclives e declives o mais gentil quanto possível e faça o mínimo possível de estradas de acesso.  Tenha em mente como você quer que as visitas se locomovam das áreas de estacionamento até a entrada principal da casa.

Uma área externa de lazer pode incluir recursos tais como terraço, deque, pátio, alpendre e áreas para churrasqueiras, cozinha gourmet, banho de sol ou apenas para relaxar. Tente estimar o número de pessoas que poderão usar cada área ao mesmo tempo, assim você poderá projetar de acordo.

Muitas pessoas gostam de ter uma área de serviço para coisas como horta, pomar e depósitos de madeira e lixo. Escolha essas áreas com cuidado. Hortas e flores necessitam sol pleno e solo adequado. Depósitos de madeira e lixo devem ser áreas de fácil acesso, porém devem ficar fora da vista. Um espaço para churrasqueira é uma escolha bastante popular.

Você também pode querer áreas para lazer ao ar livre, como quadra de futebol, piscina, estufas ou outros propósitos. O tamanho do terreno, as necessidades da família e as finanças irão determinar quando espaço você pode alocar para este tipo de área.

Em muitos quintais, o espaço é limitado. Você pode precisar utilizar o mesmo espaço para diferentes atividades. Áreas de múltiplo propósito podem servir para o estar, lazer, esportes e serviço, cada coisa a seu tempo.

É possível ter uma área para relaxar, brincar e fazer churrascos, tudo aproveitando um espaço só.

Avalie suas necessidades e desejos!! Playground, atrair passarinhos, ter um canil, jardim de baixa manutenção podem fazer parte de sua lista!!

    

Reflita sobre quanto você deseja gastar no paisagismo da sua casa. Muitos paisagistas recomendam investir pelo menos 10% do valor da casa no jardim entorno dela, embora um jardim aceitável possa ser feito com muito menos.

Você pode reduzir os custos comprando plantas menores (ainda jovens) e planejando construir estruturas que você mesmo possa executar, para o pátio, caminhos, deques, fontes, treliças, móveis, etc. e ainda reaproveitar materiais (pallets, por exemplo).

Atente-se para a vegetação: É possível que no entorno de sua casa já existam árvores, arbustos ou outras plantas. Antes de decidir se vai incluí-los no seu projeto, você precisa saber que tipo de plantas eles são – algumas podem ser consideradas “plantas daninhas”, enquanto outras podem ser de grande valor.

Também é muito importante decidir se a topografia existente pode ser preservada ou se é melhor modificá-la para atender às necessidades e desejos da família à respeito da área externa.

Antes de sair fazendo a terraplanagem, pense em aproveitar e valorizar as alterações topográficas e as plantas pré-existentes no terreno.

Os padrões de drenagem no local podem ter grande influência no seu projeto de jardim residencial. Perceba a direção do escoamento em pontos baixos, onde a água pode se acumular. Monitore a drenagem com cuidado para ter certeza que as áreas ao ar livre estarão bem localizadas, que a água irá escoar para longe das construções e que as plantas vão crescer bem onde você colocá-las.

O solo do seu terreno é importante porque ele deverá dar suporte tanto às plantas como às estruturas. A análise de solo, solicitada a um laboratório perto de você, irá lhe informar se o seu solo possui as propriedades físicas e químicas para um bom crescimento das plantas. Com esta análise, você ainda facilita o trabalho do engenheiro ou arquiteto que planejará as fundações das estruturas que você pretende construir.

O clima também influenciará o seu projeto. As temperaturas de inverno determinam quais plantas são resistentes o suficiente para crescer no seu terreno. Em alguns estados brasileiros temos um inverno muito seco, enquanto que em outros ele é muito úmido. O verão, no entanto, costuma ter boa precipitação em várias regiões do país. A umidade ainda afeta a dispersão e a severidade das doenças que acometem as plantas. A direção dos ventos tanto no inverno como no verão também são muito importantes. Ventos frios e secos no inverno pedem uma proteção extra para as plantas, assim como é bom se aproveitar de brisas frescas de verão, sem bloquear sua passagem. Procure se informar sobre os dados climáticos do seu local.

Encontre arquitetos, paisagistas, engenheiros e muito mais no portal WebReforma.

Fotos: Reprodução

COMPARTILHE:

Varandas e Terraços. Valor...

Oferecimento:

Cortina na decoração

Oferecimento:

Renove o ambiente! Paredes...

Oferecimento:

Luiza L. P. Petrow Reino Vegetal LTDA Jardim do Lourenço

Voltar